Plano em Foco

Ícone

Redes de computadores e Linux, por Gustavo Lopes

Ifconfig – O básico do básico

Neste primeiro (de alguns) post sobre ifconfig, veremos o que ele é, para que ele serve, e como ele pode ser usado para explicar a origem da vida. Hehe. Brincadeiras à parte, é algo bem básico mesmo.

Acontece que em sistemas Unix (e no Linux) existe um comando muito usado para verificar e configurar a rede. Este comando é o ifconfig. Este comando localiza-se no diretório /sbin. Para executá-lo, basta um ifconfig como root ou /sbin/ifconfig.

Abaixo, uma saída de exemplo do comando:

$ ifconfig
eth0      Link encap:Ethernet  Endereço de HW 00:1d:92:7a:40:7a
          inet end.: 192.168.0.1  Bcast:192.168.0.255  Masc:255.255.255.0
          UP BROADCAST RUNNING MULTICAST  MTU:1500  Métrica:1
          pacotes RX:23543 erros:0 descartados:0 excesso:0 quadro:0
          Pacotes TX:15629 erros:0 descartados:0 excesso:0 portadora:0
          colisões:0 txqueuelen:1000
          RX bytes:15800861 (15.0 MB) TX bytes:2543035 (2.4 MB)
          IRQ:221 Endereço de E/S:0x4000 

lo        Link encap:Loopback Local
          inet end.: 127.0.0.1  Masc:255.0.0.0
          UP LOOPBACK RUNNING  MTU:16436  Métrica:1
          pacotes RX:38 erros:0 descartados:0 excesso:0 quadro:0
          Pacotes TX:38 erros:0 descartados:0 excesso:0 portadora:0
          colisões:0 txqueuelen:0
          RX bytes:1900 (1.8 KB) TX bytes:1900 (1.8 KB)

A saída do comando nos diz o seguinte sobre a placa de rede identificada como eth0 (a primeira placa de rede)

  • Link encap: Ethernet. Mostra qual o protocolo de camada enlace usado pela placa de rede. Neste caso e na grande maioria das redes locais, será o Ethernet.
  • Endereço de HW 00:1d:92:7a:40:7a. Qual o endereço de camada enlace (MAC).
  • inet end.: 192.168.0.1. O endereço Internet (inet é abreviação de internet). Temos um endereço internet porque é o protocolo IP que está em uso. Assim, temos um endereço IP versão 4 (que por sinal, é privado).
  • Bcast:192.168.0.255  Masc:255.255.255.0. O endereço de broadcast e a máscara de rede.

Além desses dados básicos, existem alguns contadores que veremos em momento posterior.

Sistemas Unix possuem uma interface virtual chamada lo, abreviação de loopback. Conforme o nome indica, loopback é uma placa de rede virtual, via software, que aponta para a própria máquina. Se você enviar qualquer pacote para o endereço lógico (IP, inet) desta placa virtual, a informação descerá a pilha de protocolos e será enviada devolta, sem passar pela placa de redes real. Ou seja, a destinatária é a própria máquina. Isso é usado para se fazerem testes. A seguir, algumas coisas importantes que esta parte da saída do comando nos fala:

  • Link encap:Loopback Local. Isso significa que quando você envia um pacote para esta placa de rede virtual (io), o pacote IP não será encapsulado em um quadro de camada enlace, pois isso não é necessário (já que o pacote sequer sairá da máquina local).
  • inet end.: 127.0.0.1  Masc:255.0.0.0. Este é o endereço da placa de rede virtual. Você usará este endereço para referir-se à própria máquina. Por exemplo, se você instalou um servidor Web na máquina local e quer acessá-lo, você pode usar http://127.0.0.1 para acessar o servidor. E tudo na própria máquina, é claro.

0002

Existem algumas consideraços a serem feitas sobre endereços de loopback, que não mensionaremos aqui. Na verdade, isso é um bom tema para o livro sobre Redes, não acha?

Anúncios

Arquivado em:Linux,

One Response

  1. Alexandre Sardinha disse:

    Muito legal o post. Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: