Plano em Foco

Ícone

Redes de computadores e Linux, por Gustavo Lopes

Quantas camadas tem a arquitetura TCP/IP?

Bom, antes de começar, pense nesta frase que eu sempre uso e considero bastante significante: Nós não usamos modelos. Usamos arquiteturas. Um modelo é uma abstração teórica, que pode ou não ser implementada. A prática está na arquitetura, no objeto construído e funcional. Agora, vamos às considerações do título deste post. Estou perguntando quantas camadas tem a arquitetura TCP/IP. Abaixo, marque a opção que você acha correta:

a) 7 camadas.
b) 5 camadas.
c) 4 camadas.
d) 3 camadas.
e) Que camadas?

Quantas camadas mesmo, por favor?

Observe a intrigante ilustração abaixo, muito útil por sinal, tirada da Wikipédia inglesa, endereço http://en.wikipedia.org/wiki/TCP/IP:

camadas tcp_ipPodemos ver que no fim da tabela, ano 1982, tipicamente um ano após o lançamento da versão 4 do IP, a RFC (documento oficial o IETF, um dos órgão verdadeiramente responsável pelo desenvolvimento da internet no mundo) mostrava a arquitetura como tendo três camadas. Já na RFC 1122, datada de 1989, a arquitetura tinha 4 camadas. Segundo a Wikipédia, Kurose usa quatro camadas em seu livro de 2007; entretanto, no livro de Kurose que possuo (seria o mesmo? penso que sim), de 2007, Kurose (e Ross) FALAM de CINCO CAMADAS. O livro se concentra apenas nas camadas superiores, com o capítulo 2 falando de aplicação,, o capítulo 3, transporte; o capítulo 4, camada rede e o capítulo 5 falando da camada enlace. O livro PREFERE não se aprofundar na camada física, mas reconhece a existência da mesma como algo distinto da camada enlace, como pode-se observer à página 358, último parágrafo:

Ao incluir uma transição no meio de cada bit, o hospedeiro receptor pode sincronizar seu relógio com o relógio do hospedeiro remetente. (…) A codificação Manchester é mais uma operação de camada física do que de camada enlace; contudo, descrevemos essa operação brevemente aqui porque ela é muito usada na Ethernet.

Além disso, nota-se neste livro (versão em português) o uso freqüente do termo Comutadores de camada enlace, em referência aos switches. Observe o que o livro diz na página 365, penúltimo parágrafo:

Em contraste com hubs, que são dispositivos de camada física, comutadores de camada enlace (…) agem sobre quadros Ethernet e, portanto, são dispositivos de camada 2.

Ora, convém notar que o termo “camada 2” se refere à camada 2 da arquitetura TCP/IP: esta camada 2 é a camada enlace, Portanto, a camada 1 só pode ser a física, e a arquitetura completa possui 5 camadas. Este livro está de acordo com as RFCs mais recentes do IETF, que, conforme tabela mostrada acima, desde a RFC 1188, de 1990, mostra a arquitetura TCP/IP com 5 camadas.

A resposta é, portanto: Hoje em dia, 5 é o número de camadas que melhor descreve a arquitetura TCP/IP. Mas se você respondeu 4, não está errado. Mas atente para o fato de que Kurose, ao contrário do que a Wikipédia diz, vê 5 camadas na arquitetura, e não quatro.

Anúncios

Arquivado em:Redes de Computadores,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: